Logo Prefeitura

Entenda o BRT

Mais rápido. Menos trânsito.

O BRT (Bus Rapid Transit) é um sistema rápido de transporte público que já existe em mais de 200 cidades de todos os continentes. Em Salvador, este sistema moderno e de alta capacidade, com tecnologia 100% nacional, vai atender bairros onde o metrô não chega, beneficiando milhares de pessoas que precisam de um transporte público de qualidade. O projeto vai ligar os dois principais pólos econômicos da capital: o Centro e a região do Iguatemi.

As vias que ligam esses dois pontos passam pelo meio da cidade, que não comporta mais o crescimento do número de veículos nas ruas. Por isso, para a implantação do BRT, a Prefeitura vai construir viadutos, elevados, ciclovias e linhas exclusivas para melhorar a vida dos usuários do transporte público e, ao mesmo tempo, desafogar o trânsito nesta região. Segundo levantamento feito em pesquisa realizada sobre Origem/Destino, a área onde o  BRT vai passar é uma das mais críticas em mobilidade urbana em Salvador.

Já são mais de R$ 800 milhões em recursos aprovados pelo Governo Federal para a implantação dos dois primeiros trechos que vão ligar o Loteamento Cidade Jardim ao Shopping da Bahia e o Loteamento Cidade Jardim à Estação da Lapa. Com o BRT, a Prefeitura de Salvador vai continuar no caminho certo do desenvolvimento. É a nossa cidade andando sempre em frente. Sempre junta com você.

 

ENTENDA O PROJETO

Com o BRT, a Prefeitura de Salvador vai continuar no caminho certo do desenvolvimento. O sistema de transporte público moderno e de alta capacidade, vai chegar nos bairros onde o metrô não chega. Vai atender também os bairros vizinhos, como o Vale das Pedrinhas, Nordeste de Amaralina, parte de Brotas, Engenho Velho da Federação, Itaigara, Candeal e outros que, assim como estes, também são populosos. Veja o projeto que vai mudar para melhor a mobilidade urbana de Salvador.

 

DOCUMENTAÇÃO

Estudos e Planos de Mobilidade

Para escolha do melhor traçado e definição do Anteprojeto de Referencia, técnicos da Prefeitura estudaram os fluxos de origem e destino da população, assim como as áreas de concentração de atividades na cidade, desde o seu primeiro Plano Diretor Urbano, em 1943.

Em 2008, foram realizadas análises das vantagens comparativas entre os modais que, além de atenderem à demanda da região do Projeto, apresentassem flexibilidade de acesso à população da área de influência e contribuísse com a solução dos problemas identificados no sistema viário em questão.

A escolha do modal aconteceu no âmbito do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano – PDDU e do Plano de Mobilidade Urbana – PlanMob Salvador, sendo consolidados em documentos mais recentes que respaldaram a concepção do Anteprojeto de Referência.

O Sistema BRT desde 2008 integra todos os planos e projetos de mobilidade elaborados pelos governos estadual e municipal, conforme demonstrado por meio dos documentos:

Seleção do Anteprojeto no Ministério das Cidades:

De posse dos estudos e definição do Anteprojeto de Engenharia a Prefeitura buscou recursos financeiros junto ao Ministério das Cidades no Programa Pró-Transportes e PAC – Pacto pela Mobilidade

  • Seleção do Ministério das Cidades – Portaria nº 222/2016
  • Termo de Habilitação – Trecho 1
  • Contrato com CEF – FGTS – Trecho 1
  • Contrato com a CEF – Contrapartida – Trecho 1
  • Termo de Compromisso – OGU – Trecho 2

Anteprojeto de Engenharia:

Estes documentos, que fizeram parte do Edital da licitação, descrevem o anteprojeto apresentado pela Prefeitura como referência para que as empresas apresentassem suas propostas, além de definirem as premissas e parâmetros de desempenho mínimos do sistema.

Licenças Ambientais expedidas:

Autorização de Supressão e Poda de Vegetação

A Autorização de Supressão e Poda de Vegetação, publicada no Diário Oficial do Município no dia 29 de março de 2018, detalha o número de árvores e vegetais que precisarão ser suprimidos, podados ou transplantados para a implantação do BRT. Esse é o documento final sobre o assunto, já que o EIA-Rima levou em conta a parte conceitual do projeto.

EIA/RIMA

O EIA/RIMA do Empreendimento Corredores de Transportes Integrados Lapa-Iguatemi, foi realizado por equipe multidisciplinar, apresenta a caracterização do empreendimento, a legislação aplicável, o diagnóstico ambiental dos meios físico, biótico e socioeconômico, identificando e avaliando os impactos ambientais e urbanísticos, positivos e negativos decorrentes da implantação do Projeto.

Tem como princípio se tornar um instrumento orientador no planejamento das ações a serem adotadas pela Prefeitura Municipal de Salvador para a implantação e operacionalização do sistema viário proposto, definindo medidas preventivas, mitigadoras, compensatórias e potencializadoras para os impactos identificados.

  1. EIA – Volume I: Caracterização do Empreendimento, Legislação Aplicável e Estudo de Transporte e Tráfego
  2. EIA – Volume II: Diagnóstico Ambiental
    1. Parte I – Meio Físico
    2. Parte II – Meio Biótico
    3. Parte III – Meio Socioeconômico
  3. EIA – Volume III: Avaliação dos Impactos Ambientais e Medidas Mitigadoras
  4. EIA – Volume IV: Estudo de Uso e Ocupação do Solo e Mapas Temáticos
  5. RIMA
  6. Mapas Temáticos

Outros Documentos

  • Programa de Afugentamento de Fauna
  • Inventário Florestal

ESTAÇÕES

As estações do BRT estão sendo projetadas para garantir mais conforto e segurança à população. Com uma estrutura leve, o impacto na paisagem da cidade será pequeno, preservando as características arquitetônicas de Salvador. Até o segundo trecho, serão instaladas 10 estações. Confira os projetos e onde serão implantadas cada uma delas.

  • Lapa
  • Vasco do Gama
  • Ogunjá
  • HGE
  • Rio Vermelho
  • Pedrinhas
  • Cidade Jardim
  • Parque da cidade
  • Itaigara
  • Pituba
  • Cidadela
  • Hiper
  • Iguatemi
Selecione Estações
  • Lapa
  • Vasco do Gama
  • Ogunjá
  • HGE
  • Rio Vermelho
  • Pedrinhas
  • Cidade Jardim
  • Parque da cidade
  • Itaigara
  • Pituba
  • Cidadela
  • Hiper
  • Iguatemi
Imagens meramente ilustrativas
Imagens meramente ilustrativas
Imagens meramente ilustrativas
Imagens meramente ilustrativas
Imagens meramente ilustrativas
Imagens meramente ilustrativas
Imagens meramente ilustrativas

LINHAS

As estações do BRT estão sendo projetadas para garantir mais conforto e segurança à população. Com uma estrutura leve, o impacto na paisagem da cidade será pequeno, preservando as características arquitetônicas de Salvador. Até o segundo trecho, serão instaladas 10 estações. Confira os projetos e onde serão implantadas cada uma delas.

Linha Expressa

São os ônibus que saem de uma estação direto para outra sem parar nas intermediárias.

Linha Paradeira

São os ônibus que vão parando de ponto em ponto até chegar na próxima estação.

Linha Expandida

São os ônibus que percorrem parte do percurso do BRT, saem para pegar passageiros nos bairros adjacentes e voltam para a rota exclusiva do BRT.