Logo Prefeitura

Notícias

Prefeitura de Salvador inicia testes com ônibus elétricos em linhas do BRT

Trajeto será semelhante ao do percurso que será realizado na operação do novo sistema; dois veículos serão usados por semana

A Prefeitura de Salvador inicia, a partir desta terça-feira (14), uma nova fase de testes do projeto do BRT (Bus Rapid Transit). O teste, com linhas em que o trajeto se assemelha com o percurso que será realizado na operação do sistema, será feito com ônibus elétricos.

Serão usados dois ônibus, sendo que cada um deles vai rodar em uma linha por semana. Os testes serão iniciados nas linhas 0805 – Lapa x Pituba e a 1347 – Estação Pirajá x Pituba, a partir das 5h.

Os ônibus elétricos são uma solução para reduzir a emissão de gases poluentes na cidade. De acordo com dados da Semob, o setor de transporte é responsável por 65% de todas as emissões de gases poluentes no meio ambiente, em Salvador.

O anúncio dos testes com esse tipo de veículos foi feito no começo do mês, quando a prefeitura também afirmou que pretende decidir em até 30 dias sobre aquisição dos veículos desse modelo de transporte público. Essa será a segunda vez que a capital baiana testará ônibus elétricos. A primeira vez foi em julho de 2019. Na época, o veículo operou em quatros linhas: Estação Pirajá/Ribeira, Pirajá/Barra, Pirajá/Pituba e Paripe/Aeroporto, uma por semana.

De acordo com a BYD, empresa especializada em energia limpa, cada ônibus elétrico, rodando em média 6 mil km por mês, deixa de emitir 125 toneladas de gás carbônico (CO2) por ano, o que corresponde ao plantio de 897 árvores no período.

Para o titular da Semob, Fabrizzio Muller, o modal trará para Salvador um impacto positivo, em diversos aspectos. “O BRT é uma das maiores obras de mobilidade já realizadas em Salvador. Sem dúvidas, trará inúmeros benefícios para a região, uma das mais movimentadas da cidade, desafogando o trânsito de uma área que tem problemas históricos de circulação e reduzindo o tempo de deslocamento dos usuários do transporte”, afirmou.

Além do impacto no trânsito, Muller afirmou que o BRT trará benefícios diretos para os usuários. “Com a capacidade de transportar um maior número de passageiros, de forma mais rápida através de uma via expressa, será um modal de qualidade, eficiente e seguro. Trazer para a cidade soluções de mobilidade, que facilitem o deslocamento e ofereçam muito mais conforto para a população, é o nosso principal objetivo”, reforçou o gestor.

Projeto – As obras do BRT foram divididas em três etapas. O trecho 1, que vai desde as imediações do Shopping da Bahia até a ladeira da Cruz da Redenção, já foi concluído e entregue em dezembro do ano anterior. O trecho 2, que funcionará entre a Cidade Jardim e a Estação da Lapa, deverá ter as obras iniciadas em breve. Já o terceiro e último trecho, atualmente em obras, vai desde o Parque da Cidade até o Posto Namorados, no Itaigara.

A expectativa da Prefeitura é que o trecho entre o Shopping da Bahia e o Posto Namorados comece a operar no primeiro trimestre de 2022. Todo o percurso do BRT terá aproximadamente 11 km. A previsão é que as obras do trecho 3 sejam concluídas até o final deste ano. Já a expectativa para a conclusão de todo o projeto do BRT, até a Lapa, é que seja finalizado em dezembro de 2022.

 

Autor: www.correio24horas.com.br

outras notícias